sexta-feira, 12 de fevereiro de 2010

DAR NÃO É FAZER AMOR

Dar é dar.

Fazer amor é lindo, é sublime, é encantador, é esplêndido.
Mas dar é bom pra cacete.
Dar é aquela coisa que alguém te puxa os cabelos da nuca...
Te chama de nomes que eu não escreveria...
Não te vira com delicadeza...
Não sente vergonha de ritmos animais. Dar é bom.
Melhor do que dar, só dar por dar.
Dar sem querer casar....
Sem querer apresentar pra mãe...
Sem querer dar o primeiro abraço no Ano Novo.
Dar porque o cara te esquenta a coluna vertebral...
Te amolece o gingado...
Te molha o instinto.
Dar porque a vida é estressante e dar relaxa.
Dar porque se você não der para ele hoje, vai dar amanhã, ou depois de amanhã.
Tem pessoas que você vai acabar dando, não tem jeito.
Dar sem esperar ouvir promessas, sem esperar ouvir carinhos, sem
esperar ouvir futuro.
Dar é bom, na hora.
Durante um mês.
Para os mais desavisados, talvez anos.

Mas dar é dar demais e ficar vazio.
Dar é não ganhar.
É não ganhar um eu te amo baixinho perdido no meio do escuro.
É não ganhar uma mão no ombro quando o caos da cidade parece querer te abduzir.
É não ter alguém pra querer casar, para apresentar pra mãe, pra dar
o primeiro abraço de Ano Novo e pra falar:
"Que que cê acha amor?".
É não ter companhia garantida para viajar.
É não ter para quem ligar quando recebe uma boa notícia.
Dar é não querer dormir encaixadinho...
É não ter alguém para ouvir seus dengos...
Mas dar é inevitável, dê mesmo, dê sempre, dê muito.

Mas dê mais ainda, muito mais do que qualquer coisa, uma chance ao amor.
Esse sim é o maior tesão.
Esse sim relaxa, cura o mau humor, ameniza todas as crises e faz você flutuar

Experimente ser amado...

Texto de Luiz Fernando Veríssimo

7 Deitou no "Meu Divã":

Hefestos 12/02/2010 09:49  

Adorei o texto.
Sempre leio o Luiz Fernando Veríssimo
E o pai dele, o Érico Veríssimo, era melhor ainda.

Paulo Braccini 12/02/2010 12:22  

perfeito isto ...

dar é a melhor contextualização de um verdadeiro amor ...

bjux

;-)

Jhully 13/02/2010 08:20  

Hefestos, sou fã dos textos de Luiz Fernando Veríssimo. Beijos

Jhully 13/02/2010 08:23  

Paulo,

Mas dê mais ainda, muito mais do que qualquer coisa, uma chance ao amor.
Esse sim é o maior tesão.
Esse sim relaxa, cura o mau humor, ameniza todas as crises e faz você flutuar...

Prefiro dar para o meu amor :)

Beijos,
Jhully

Anônimo,  25/03/2010 02:36  

veríssimo é foda... perfeito.
..............
Flávio
texticuloscronicos.blogspot.com

Anônimo,  13/01/2013 16:51  

O bom mesmo é quando damos sem esperar muito do outro. Basta saber a quem estar dando!!

MGHORTA 09/03/2014 11:04  

Roubei um texto seu e coloquei em meu espaço.

Aproveito para dizer, seus lugares são fabulásticos.

Obrigado


http://mamasoltas.blogspot.pt/2014/03/mails.html

Postar um comentário

Acerca de mim

Minha foto
Minha canção te envolverá com sua música, como os abraços sublimes do amor. Tocará o teu rosto como um beijo de graças. Quando estiveres só, se sentará a teu lado e te falará ao ouvido. Minha canção será como asas para os teus sonhos e elevará teu coração até o infinito. Quando a noite escurecer o teu caminho, minha canção brilhará sobre ti como a estrela fiel. Se fixará nos teus lindos olhos e guiará teu olhar até a alma das coisas. Quando minha voz se calar para sempre, minha canção te seguirá em teus pensamentos. (Tagore)

Envie seus relatos sexuais para o meu Divã.

Envie seus relatos sexuais para o meu Divã.
Se você que já teve alguma experiência sexual verídica muito excitante, escreva para o Divã. Adoro ler relatos sexuais e quem sabe publicá-lo aqui no blog. Envie junto com seu relato, fotos que retratem cenas do ocorrido, não necessariamente reais, mas que exemplifiquem a aventura, para deixar ainda mais excitante.Meu e-mail: conversas_atrevidas@hotmail.com

Sedução

Sedução

Minha lista de blogs

Sala VIP do Meu Divã

Apoio as Campanhas

Disque 100 e Denuncie

Disque 100 e Denuncie

GALERIA DO DIVÃ

GALERIA DO DIVÃ
Clique na Imagem e Conheça!

Leve-me com você


Sua visita e os seus comentários é o combustível do Meu Divã

Sua visita e os seus comentários é o combustível do Meu Divã
Jhully é uma personagem criada pela autora do Blog C.A.N.M.D., apesar de o blog expressar fantasias, desejos através das imagens e do conteúdo, não quer dizer que a Autora esteja disponível para realizar aventuras virtuais ou reais. Não conheço pessoalmente qualquer Amigo virtual. Assim, aproveito para informar que pretendo preservar minha identidade e advirto que:- para efeitos de conversa continuarei sendo a Jhully , não farei qualquer contato além caixa de recados e do e-mail divulgado para fins de postagens;

Comunicado IMPORTANTE

Conversas Atrevidas no Meu Divã é um blog de conteúdo adulto e por isso é indicado somente para maiores de 18 anos.
Não será incitado aqui qualquer conteúdo que leve a estimular a pedofília, racismo, discriminação de qualquer espécie, violência contra a mulher, violência contra a criança e o adolescente, apologia ás drogas, bem como violências de qualquer natureza.
Este blog contém imagens e textos que foram coletadas da internet, sem nenhuma restrição ao uso público. Caso você saiba de algum post ou imagem aqui publicado, sem identificação de autoria, peço-lhe, que me informe por e-mail para dar os devidos créditos. Não há intenção de violar os direitos autorais. Se assim o fizer, será sem querer e peço a gentileza de ser informada pelo e-mail conversas_atrevidas@hotmail.com com o assunto: “Direitos Autorais”, após confirmação será imediatamente colocado os créditos.

Contador de visitas

  ©Template by Dicas Blogger